Entenda a verdade sobre a falta de reajustes para servidores em São Paulo!

Os aposentados que trabalharam na Prefeitura de São Paulo estão ficando sem meios e condições para superarem a nefasta política salarial de 0,01% implantada desde 2002, e que sucateiam e assolam suas aposentadorias. A verdade é que, em São Paulo, os aposentados estão ABANDONADOS!

Não bastando essa adversidade, ainda precisam aguentar as diversas mentiras divulgadas na grande mídia, inclusive pelo Prefeito e por seus Secretários, de que há um rombo na Previdência Municipal, e essa seria a razão de não aumentarem investimentos em Saúde e Educação, tanto que, sob essa falácia, conseguiram alterar e aumentar de 11% para 14% os descontos previdenciários dos servidores em 2018.

Com políticas públicas que visam propiciar oportunidades de melhorias apenas para os ativos, como Bonificação por Resultados, Cargos em Comissões, Horas Suplementares, dentre outros, e privilegiando carreiras, a cada ano a angústia e a preocupação do aposentado do que fazer aumenta, já que a perda do poder aquisitivo continua, ficando eles, impotentes para reverterem tal situação.











Em 2018, mais uma vez, a correção da aposentadoria ficou em míseros 0,01%!












Aposentadoria deveria garantir uma vida digna!

Em contrapartida, os que estão na ativa hoje, transmitem a sensação de que não estão preocupados com o futuro e essa situação, haja vista, não terem ações efetivas que contribuam para mudar o cenário atual, pensando apenas no presente.

O direito de se aposentar é uma conquista da civilização, um jeito de reconhecer a contribuição de quem já trabalhou demais e liberar essas pessoas para fazerem outras coisas além de garantir a sobrevivência. Abandonar de tal maneira aqueles que por anos serviram a sociedade, demonstra a falta de reflexão de que um dia chegaremos a essa condição, que é tão almejada por muitos, e hoje tão pouco tratada.

A aposentadoria deve ser o momento, em que após anos contribuindo para o desenvolvimento de uma sociedade prospera e harmoniosa, chega o momento de descansar e acompanhar com dignidade as próximas ações, deixando um legado positivo. Mas não é o que acontece.

Percebemos a tendência de ver cada vez mais abandonada essa parte da população que tanto fez para merecer essa justa conquista por parte do atual Governo! E por vezes ver que muitos se sentem como um peso para sua família, ficando a cada dia mais debilitado por conta desse abandono por parte de um poder público que deveria, ao invés de excluí-los, dar parâmetros para que tenham uma justa e amparada velhice.

Denis Dantas do Carmo

Denis Dantas do Carmo

Denis Dantas do Carmo é Servidor Público e ativista pela AMAASP (Associação Municipal dos AGPPs e Agentes de Apoio de São Paulo). Atualmente compõe Mandato Popular do Professor Vereador Toninho Vespoli.

Share on facebook
Facebook
Share on google
Google+
Share on twitter
Twitter
Share on linkedin
LinkedIn
Share on facebook
Share on google
Share on twitter
Share on linkedin

Um mandato popular!

Conheça mais sobre o que nos move!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Faça parte da nossa rede

Quer ser um embaixador virutual e ajudar a educacão salvar vidas na cidade?
Venha conosco, inscreva-se e ajude a espalhar a campanha do Professor Toninho