O carnaval está começando, e todo mundo já está se programando para ir nos blocos mais legais! Mas para além daqueles mega-blocos comerciais, existe muita coisa da hora com um jeitão mais popular! conheça aqui duas listas de blocos de carnaval. A primeira uma lista de blocos nas periferias de São Paulo, que deixam bem claro que carnaval não se faz só no centro. E a segunda uma lista de blocos do centro, mas com propostas super alternativas e disrruptivas. É pra ninguém ter desculpa esse ano para não dar força ao carnaval popular!

Lista Periferia!

1. Bloco do Baião. No Carnaval também tem baião! Em São Miguel Paulista, esse bloco veio para homenagear a Luiz Gonzaga, o rei de todos os tempos do gênero nordestino. A folia acontece sempre na Zona Leste, siga o som da sanfona! Saiba melhor pelo site!

2. Bloco Tá Suavi. A perifa merece um bloco ao nível do povo! Por isso criaram, em plena Sapopemba, o bloco Tá Suavi! O obejetivo do bloco é reunir a comunidade e fortalecer a economia local da região. checa aqui mais informações!

3. Comunidade 100% Iracema. O Bloco Comunidade 100% Iracema foi fundado, em Brasilândia por amigos que também participam dos desfiles das escolas de samba do carnaval paulistano. A finalidade é ser mais um braço da cultura do carnaval para a região. O grupo, ao longo dos anos, também atua em todas as manifestações culturais e esportivas etc da região. Por aqui, você encontra mais informações!

4. Bloco do Hercu. O Bloco do Hercu foi criado por amigos, em encontro nos bares do Jardim Herculano e com a intenção de trazer um pouco do carnaval paulistano para o bairro, que ficava excluído do eixo Centro-Zona Oeste. Agora os “jardinenses” tem um lugar para curtir! Pode vim farrear! Mais informações por aqui!

5. Bloco Afro É Di Santo. O Bloco Afro É Di Santo nasceu em 2010 na região de M’Boi Mirim. Com composições autorais e também canções de ritmo samba-reggae, o grupo busca valorizar toques e ritmos de origem afro-brasileira. No link, mais informações obre como participar!

Lista no centro!

1. Bloco do Fuá. Um dos blocos mais disruptivos de São Paulo toma as ruas do Bixiga, esse ano com o tema “A dor, a luta e a delícia de ser Mulher”. O Bloco do Fuá convida a todis que pensam que chega de agrotóxico, de queimadas, de feminicídio, de preconceitos, do obscurantismo e fundamentalismo, a paricipar do nosso cortejo. Mais informações no site.

2. Carnaval Invisível. A ideia é atuar em blocos ajudando a catar latinhas para os catadores! A verdade é que a quantidade de lixo que fica no Carnaval é absurda. O grupo pratica a cidadania, enquanto, também, ajuda os coletivos de catadores! Será nos dias 22 e 23 de fevereiro. Confira mais aqui!

3. Bloco Ano Passado Eu Morri Mas Esse Ano Não Morro. Um baile de carnaval com show do bloco, convidados e DJ para cantar junto, em clima de carnaval, sem esquecer da potência política que esta festa traz em sua catarse. E todos fantasiados! Criado na Vila Anglo, São Paulo, em 2017, meses antes da morte de Belchior e depois do Golpe parlamentar de 2016, o bloco toma emprestado as músicas do compositor para gritar em alto e bom som “Ano Passado Eu Morri, Mas Esse Ano Eu Não Morro”. Mais informações aqui!

4. Bloco Peixe Seco. Em 2020, o Bloco do Peixe Seco canta os “Rios voadores”, cursos de água atmosféricos que “escorrem” da região amazônica espalhando-se para todo o continente, garantindo chuvas regulares e garantindo água para boa parte da América do Sul. Venham navegar com o Peixe Seco. horário e trajeto no site!

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Para além de combater a Covid, vamos combater o neoliberalismo

Faça parte da nossa rede

Quer ser um embaixador virutual e ajudar a educacão salvar vidas na cidade?
Venha conosco, inscreva-se e ajude a espalhar a campanha do Professor Toninho