Comida para quem tem fome e repulsa para quem não enxerga o próximo

É com profunda indignação e repulsa que nosso mandato condena a fala da primeira- dama e Presidente do Fundo Social de São Paulo, Bia Doria pelas recentes declarações preconceituosas e desconectadas da situação de mazela social em que vivem os moradores em situação de rua de São Paulo.

A esposa do governador João Doria (PSDB) revela absoluto despreparo para estar a frente do Fundo Social de São Paulo e demonstra profunda e inadmissível falta de respeito aos Direitos Humanos ao pronunciar que “Não é correto você chegar lá na rua e dar marmita”. Bia Doria ainda relata que “A rua é um atrativo, a pessoa gosta de ficar na rua”.

Insensibilidade!

As falas demonstram a insensibilidade da elite econômica que governa São Paulo e revelam o quanto a família Doria é incapaz de enxergar o povo e a cidade profundamente desigual que vivemos. Em meio a maior crise sanitária do país e com o inverno rigoroso que castiga quem tem frio, Bia Doria diz dentro do conforto do Palácio dos Bandeirantes para não dar alimento ao próximo. Joga a própria sorte os que não tem casa e não tem comida e fere o sentimento de solidariedade que nos une como seres humanos em situações como a fome.

É assustador ver uma artista plástica ter uma interpretação de mundo sem sentimentos de fraternidade. Suas peças devem ser insensíveis ao flagelo humano gerado pelo capitalismo e sua visão deturpada da realidade deve se resumir apenas ao seu mundo.

Fala desumana

Como vereador da cidade e vicepresidente da Comissão de Direitos Humanos da CMSP, e em nome dos mais de 25 mil moradores em situação de rua da cidade, repudio veementemente a fala desumana, preconceituosa e criminosa de primeira-dama Bia Doria. Em conjunto com outros membros da comissão dessa Casa, pediremos esclarecimentos e protocolaremos convites oficiais para a primeira-dama visitar locais da cidade para aprimorar sua visão sobre a fome e a situação da população que vive nas ruas.

Toninho Vespoli

Toninho Vespoli

Toninho Vespoli é vereador de São Paulo pelo PSOL e vice-presidente da Comissão de Direitos Humanos da Câmara Municipal de São PAulo

Share on facebook
Facebook
Share on google
Google+
Share on twitter
Twitter
Share on facebook
Facebook
Share on google
Google+
Share on twitter
Twitter

Um mandato popular!

Conheça mais sobre o que nos move!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Faça parte da nossa rede

Quer ser um embaixador virutual e ajudar a educacão salvar vidas na cidade?
Venha conosco, inscreva-se e ajude a espalhar a campanha do Professor Toninho