Justiça Barra 29 milhões de Doria por Marketing Ilegal

Justiça Barra 29 milhões de Doria por Marketing Ilegal

Entenda como ação do Doria implica 29 milhões de reais do dinheiro público!

Justiça barra 29 milhões de Doria por marketing ilegal. O marketeiro do Doria aventureiro usou 29 milhões do dinheiro público para se autopromover. É o que indica liminar da justiça que congelou o valor das contas de Doria. Ocorre que na promoção de programa de asfaltamento em São Paulo, Doria usou de campanha de marketing para se autopromover. A campanha foi promovida com dinheiro público! A ação judicial investigando Doria data, ainda, de 2017 quando o, então prefeito, fazia campanha para governador. Abandonou a prefeitura deixando seu afilhado político o Bruno Covas. O programa de asfaltamento dos dois, além de só estar sendo implementado às vésperas da eleição para prefeito, prioriza bairros de luxo e deixa a periferia de lado!

Desde sempre que as ruas de São Paulo são esburacadas. Muitas vias ainda estão sem recapeamento algum! Na periferia isso ainda é, infelizmente, muito comum. Em 2017 Doria fez um programa de marketing bastante barulhento, falando que ia asfaltar São Paulo. O programa mal começou e Doria abandonou a prefeitura de São Paulo. Ficou apenas o marketing! Por perceber isso a justiça barra 29 milhões de Doria por marketing ilegal.

Toninho barra Doria!

Obviamente, é ilegal um político usar dinheiro público para se autopromover. E por isso hoje a justiça determinou o congelamento dos 29 milhões das contas do Doria. Não é a primeira vez que Doria é condenado por ações enquanto prefeito. O Toninho Vespoli 50650 já acionou o Ministério Público para impedir o slogan assassino da campanha de Doria “acelera São Paulo”. O mote de campanha, ainda mais no contexto em que Doria defendia o aumento de velocidades em vias públicas, era um convite à população paulistana para ser mais agressiva e irresponsável no trânsito. Toninho 50650 venceu Doria, e fez ele ter que pagar multa de 600 mil pelo slogan criminoso!

Foi, também, Toninho quem propôs uma ação popular contra o apagamento de grafites de Doria. Na época, Doria se mostrou inimigo das artes ao ordenar o apagamento de obras de grafite em toda a cidade! Mesmo em galerias em que os grafites eram permitidos! O processo de Toninho 50650, mais uma vez, foi vitorioso! Doria foi condenado, em primeira instância, a pagar 800 mil reais como multa!

Doria sempre vai tentar abusar de seu poder. Mas o vereador Toninho Vespoli 50650, conseguiu barrar os desmandos do cara. Com Bruno Covas não é diferente. Toninho segue na Câmara como uma voz de luta e resistência! Quando Guilherme Boulos 50 for eleito, será a liderança na Câmara capaz de fazer a vontade do povo valer!

Gabriel Junqueira

Gabriel Junqueira

Gabriel Junqueira é jornalista, ativista e militante do Partido Socialismo e Liberdade. Atualmente estuda Direito e compõe Mandato Popular do Professor Vereador Toninho Vespoli.

Share on facebook
Facebook
Share on google
Google+
Share on twitter
Twitter
Share on facebook
Facebook
Share on google
Google+
Share on twitter
Twitter

Um mandato popular!

Conheça mais sobre o que nos move!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Faça parte da nossa rede

Quer ser um embaixador virutual e ajudar a educacão salvar vidas na cidade?
Venha conosco, inscreva-se e ajude a espalhar a campanha do Professor Toninho