mandato coletivo

Sabia que o Toninho Vespoli sempre teve um mandato popular e democrático? Saiba mais:

No período de eleições muitos vão começar a ouvir falar de “mandatos coletivos”. O termo da moda virou chamariz para votos na esquerda. Mas você sabia que o Toninho Vespoli sempre encabeçou um mandato coletivo? Na verdade o mandato dele é coletivo desde muito antes de ser “legal”. Já em 2012, quando foi eleito vereador pela primeira vez, Toninho decidia quase tudo no mandato de forma colegiada, chamando todas e todos interessados em participar! É só que ele prefere falar em mandato “popular” ao invés de “coletivo”. Afinal, falamos, também, de um mandato do povo!

A vida do vereador Toninho Vespoli é super atribulada! Acorda cedo e dorme tarde, com agenda em quase todos os fins de semana. Felizmente ele não tem que fazer tudo sozinho. Pode contar com a força e apoio de uma equipe super dedicada e participativa. Na hora de decidir tudo, desde qual agenda fazer até de que forma votar um projeto de lei polêmico, a equipe toda é convidada a para debater e, em caso de polêmica, votar o que deve ser feito. Toninho atua mais como um representante do grupo do que como um chefe. Sempre está disposto a ouvir, mesmo que não concorde com o que está sendo falado. No fim age de acordo com o que foi decidido coletivamente.

Toninho ouve todo mundo!

E a coletividade não se dá apenas entre os funcionários do mandato. Nos últimos tempos, percebendo a vontade e dedicação do povo em participar mais ativamente da vida pública, Toninho criou o Gabinete na Rua. Reuniões em feiras, ruas e escolas em que o povo foi ativamente chamado pelo Toninho para trazer suas ideias e demandas. Mas isso não vem de agora. Muito antes, desde que foi eleito em 2012, Toninho já ia toda a hora, junto com a sua equipe, visitar onde o povo está! Faz visitas nas escolas, nas periferias, nos sindicatos, nos movimentos sociais… E sempre busca ouvir e lutar pelo que é falado por quem mais entende do que o povo precisa: o próprio povo!

O mandato do Toninho foi, e continua sendo, coletivo, popular e periférico. E a tendência é só melhorar. Quando Guilherme Boulos for eleito pelo PSOL, partido de Toninho, para prefeitura de São Paulo, Toninho vai estar juntinho na criação e participação de comitês de gestão popular e participativa. Mandato popular é coletivo. E o mandato do Toninho é popular!

Gabriel Junqueira

Gabriel Junqueira

Gabriel Junqueira é jornalista, ativista e militante do Partido Socialismo e Liberdade. Atualmente estuda Direito e compõe Mandato Popular do Professor Vereador Toninho Vespoli.

Share on facebook
Facebook
Share on google
Google+
Share on twitter
Twitter
Share on facebook
Facebook
Share on google
Google+
Share on twitter
Twitter

Um mandato popular!

Conheça mais sobre o que nos move!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Faça parte da nossa rede

Quer ser um embaixador virutual e ajudar a educacão salvar vidas na cidade?
Venha conosco, inscreva-se e ajude a espalhar a campanha do Professor Toninho