Pela contratação dos profissionais de saúde já aprovados em concurso 

Um dos principais eixos do enfrentamento ao coronavírus está extremamente frágil: não há recursos humanos suficientes para dar conta da demanda de atendimento que cresce a cada dia nas unidades municipais de saúde da capital paulista.

Existem cargos vagos no município de São Paulo, há pessoal pronto para assumir, não há restrição orçamentária e há risco sério de colapso do sistema público de saúde. O que falta são os atos administrativos necessários para se efetuar o chamamento dos profissionais aprovados, ao invés de se realizar contratações emergenciais.

A ausência da contratação emergencial desses profissionais em espera, já aprovados em concurso, para fins de combate à COVID-19, implica omissão do Poder Executivo da Prefeitura do Município de São Paulo em prestar de modo adequado o serviço público de saúde pública, um direito que deve ser assegurado.

Por isso, os mandatos do vereador Toninho Vespoli e da deputada federal Sâmia Bomfim, ambos do PSOL, acionaram o Ministério Público para que o órgão tome as medidas necessárias e a Prefeitura realize o chamamento imediatamente.

Apoie essa iniciativa, assine a nossa petição no link abaixo:

http://chng.it/ZShHthc5m7

 

1 comment on “Pela contratação dos profissionais de saúde já aprovados em concurso 

  1. Marcela Paula Dionizio disse:

    Estamos prontos para assumir nosso cargo e queremos trabalhar!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Para além de combater a Covid, vamos combater o neoliberalismo

Faça parte da nossa rede

Quer ser um embaixador virutual e ajudar a educacão salvar vidas na cidade?
Venha conosco, inscreva-se e ajude a espalhar a campanha do Professor Toninho