creche

Vitória em ação contra os vouchers!

Vitória em ação contra os vouchers!

Saiba como uma ação do professor Toninho Vespoli limita a ganância de aliados da prefeitura de São Paulo

O presente pede luta, mas também pede esperança. E é por isso que é importante reservarmos momentos para celebrar as conquistas das lutas de Toninho Vespoli na educação pública. E há razão nova para comemorar! O Tribunal de Justiça de São Paulo deu razão parcial à ADIN (Ação Direta de Inconstitucionalidade) iniciada junto a Toninho Vespoli contra os vouchers na educação pública de São Paulo (lei 17.437/2020).

Na ação que Toninho iniciou, a argumentação dizia respeito aos artigos 6°, 7°, 8°, 9°, 10, 11, 17, 18, 18, 20, 21, 22, 23, 24, 25 e 26 da Lei que cria e disciplina o Programa Mais Educação Infantil (vouchers pagos com dinheiro público para a contratação de creches escolares privadas). O Tribunal de Justiça deu razão parcial à ação, admitindo inconstitucionalidade no parágrafo 3º do artigo 7º. Ainda assim é uma grande vitória!

O que isso significa é que, embora o programa de vouchers não tenha sido considerado inconstitucional, ao menos a prefeitura não irá poder contratar com os vouchers creches que visem o lucro, brecha que seria aberta pelo trecho julgado inconstitucional. Isso significa que qualquer dinheiro público colocado na educação deve servir exclusivamente para a educação, e não para encher os bolsos de amigos do prefeito.

Os tempos continuam trágicos, com uma gestão genocida no congresso atrasando a vacinação do povo brasileiro, e uma gestão genocida na Câmara Municipal, arriscando, desnecessariamente, a vida de profissionais da educação, alunos, e cuidadores. Mas pelo menos sabemos que quando a educação se restabelecer em ritmo normal, creches que visem o lucro não serão mais permitidas em São Paulo!

Bruno Covas faz vagas fakes!

Bruno Covas faz vagas fakes!

Até as vagas são fakes na gestão de Covas!

Bruno Covas se faz de milagreiro. Inventou agora o “milagre da multiplicação das vagas”. Bruno Covas faz vagas fakes! Olha o pensamento mágico: para que criar vaga em creche para as crianças, se pode fingir que criou? É essa a forma de pensar da direita paulistana. São uns farsantes interessados em enganar o povo!

O problema da falta de vagas em creches se arrasta há muito tempo. Bruno Covas traz ao problema duas soluções que não solucionam: 1) amplia as parcerias com creches terceirizadas. Iniciativas difíceis de fiscalizar, sem o cuidado garantido com as crianças. 2) tanto na rede direta quanto na indireta, “cria” vagas que na realidade não existem. O resultado é a continuação do problema! Bruno Covas faz vagas fakes!

Uma das possibilidades é que as vagas fantasmas estejam sendo usadas para desviar dinheiro da educação, através das creches terceirizadas. Não é a primeira vez que a rede conveniada fica sob suspeita de desviar dinheiro público! Há poucos anos, em zz, o vereador Toninho Vespoli 50650 liderou denúncias na Câmara Municipal contra desvios nas merendas de creches conveniadas.

É isso que acontece quando a direita tucana toma conta da educação. Apenas Guilherme Boulos, candidato a prefeito, e o vereador Toninho Vespoli 50650, são capazes de mudar esse panorama. Juntos essa dupla pode ser capaz de combater a máfia das creches, e garantir a conquista de uma educação pública, gratuita, laica e de qualidade!

Gabriel Junqueira

Gabriel Junqueira

Gabriel Junqueira é jornalista, ativista e militante do Partido Socialismo e Liberdade. Atualmente estuda Direito e compõe Mandato Popular do Professor Vereador Toninho Vespoli.

Facebook
Twitter
Facebook
Twitter

Um mandato popular!

Conheça mais sobre o que nos move!
Para além de combater a Covid, vamos combater o neoliberalismo

Faça parte da nossa rede

Quer ser um embaixador virutual e ajudar a educacão salvar vidas na cidade?
Venha conosco, inscreva-se e ajude a espalhar a campanha do Professor Toninho